Study your flashcards anywhere!

Download the official Cram app for free >

  • Shuffle
    Toggle On
    Toggle Off
  • Alphabetize
    Toggle On
    Toggle Off
  • Front First
    Toggle On
    Toggle Off
  • Both Sides
    Toggle On
    Toggle Off
  • Read
    Toggle On
    Toggle Off
Reading...
Front

How to study your flashcards.

Right/Left arrow keys: Navigate between flashcards.right arrow keyleft arrow key

Up/Down arrow keys: Flip the card between the front and back.down keyup key

H key: Show hint (3rd side).h key

A key: Read text to speech.a key

image

Play button

image

Play button

image

Progress

1/18

Click to flip

18 Cards in this Set

  • Front
  • Back

Classificação da IC - quanto ao tempo

Aguda e crônica


30 dias é o marco

Classificação da IC - localização

Direita: congestão sistêmica (turgência jugular, edema de mmii, hepatomegalia)


Esquerda: congestão pulmonar (dispnéia, tosse noturna, crepitação, ortopneia)

Classificação da IC - quanto ao débito cardíaco

Alto débito: raro - hipertiroidismo, anemia, sepse, fístula arteriovenosa


Baixo débito: comum, sinais de má perfusão e congestão

Caracterize cada tipo de IC quanto a fração de ejeção

Reduzida (sistólica): dificuldade de esvaziar o ventrículo



Preservada (diastólica): dificuldade de enchimento do coração ou enchimento com pressões elevadas



Marco da divisão 50%

Classificação da IC - Funcional (NYHA)

Classe 1- sem limitações para atividade física


Classe 2 - leve limitação para atividade física e assintomático em repouso


Classe 3 - grande limitação para atividade física e assintomático em repouso


Classe 4 - sintomático em repouso

Classificação da IC - Estágio

Estágio A: fatores de risco presentes, sem IC.


Estágio B: lesão estrutural presente, sem IC


Estágio C: lesão estrutural presente, com IC


Estágio D: IC refratária

Sinais de descompensação

Edema, hipoperfusão, hipotensão

Classificação da IC - Perfil hemodinâmico

Baseado na presença de congestão e perfusão.


Congestão : úmido ou seco


Perfusão: quente ou frio

Exames complementares para IC

Radiografia de tórax


Ecocardiograma


Eletrocardiograma


Hemograma


Eletrólitos


Transaminases hepáticas


Creatinina


EAS


BNP (>500 IC .. <100 não é IC)

Critérios de Framingham

Critérios maiores


Dispneia paroxística noturna


Turgência jugular


Estertores


Cardiomegalia (raio-x ou Eco)


Edema pulmonar agudo


Galope de B3


Pressão venosa Central elevada (>16 cm H2O)


Refluxo hepatojugular


Perda de peso maior que 4,5 Kg em 5 dias em resposta ao tratamento com diurético



Critérios menores


Edema de tornozelo bilateral


Tosse noturna


Dispneia ao esforço usual


Hepatomegalia


Derrame pleural


Taquicardia >120 BPM

Diagnóstico de acordo com critérios de Framingham

2 critérios maiores ou 1 critério maior e 2 menores

Tratamento padrão da IC (compensada)

IECA + Betabloqueador + Espironolactona (NYHA 3 e 4)

Tratamento de IC - IECA dose

Enalapril - 10 mg - 12 em 12 horas

Tratamento IC - Betabloqueador dose

Carvedilol - 3,125 mg - 12 em 12 horas

Tratamento - antagonista da aldosterona dose

Espironolactona - 25 mg - 1x ao dia

Tratamento sintomático (descompensado) da IC

Congestão (DIU):


Furosemida 40 mg - 1 x dia



Hipoperfusão (inotropico):


Dobutamina 2,5 mcg/kg/min

Alternativas de tratamento caso IECA não tolerado

BRA - Losartana 50mg



Sacubitril + valsartana



Hidralazina + Dinitrato de isossorbida


(Hidralazina até 100mg 3x dia


Nitrato até 40mg 3x dia)

Tratamento em caso de IC refratária

Hidralazina + dinitrato de isossorbida


Sacubitril + valsartana


Ivabradina (FC > 70 bpm e FE < 35%)