Egnieer Essay

1225 Words Nov 20th, 2013 5 Pages
Disciplina: Ambiente Econômico Global








CASE I – Artigo Científico – Por que o Brasil é, entre os emergentes, o país menos vulnerável ?











Turma: MBE Executivo – MBE 49

Professor: Otto Nogami

Autor: Leonardo Santos Caio Filho (11041574)
Gerente Executivo na COGEN – Associação da Indústria de Cogeração de Energia









12 de Agosto de 2013

Quando falamos em países emergentes, existem diversas formas de enquadramento nessa categoria, tais como fatores econômicos, sociais, índices de qualidade de vida, nível de industrialização, entre outros.

No Brasil, como aspectos institucionais, podemos destacar que o país oferece incentivos para que empresas estrangeiras se instalem
…show more content…
Isso se deve principalmente pela falta de incentivos e de políticas públicas.

Com relação ao consumo, o Brasil é um país que apresenta uma “caixa de desejos” muito grande quando comparada com os países já desenvolvidos, principalmente com pessoas na faixa etária de 20 até 40 anos de idade. Esse fator faz com que o consumo seja estimulado, porém é necessário gerar aumento de renda e criar incentivos financeiros para esse consumo seja realizado de forma sustentável.

Os grandes mercados emergentes considerados atualmente são o Brasil, China, Rússia, Índia. A tabela abaixo obtida da revista “the economist”, apresenta a classificação desses quatros países de acordo com a respectiva categoria:

[pic]

Quando analisamos a Rússia, notamos que esta apresenta o melhor IDH, perante aos países do BRICS. É importante ressaltar que a renda per capita da Rússia também é superior dentro do BRICS. Outro ponto relevante é que a Rússia é grande produtora de petróleo, propiciando alto volume de exportação, tornando o país altamente dependente do mercado internacional.

Por fim é importante ressaltar que a Rússia traz características de um regime totalitário em função de seu passado, possuindo um governo em que o regime político intervém nas leis de oferta e demanda, sob a ótica do neoliberalismo.

Ao…

Related Documents