Study your flashcards anywhere!

Download the official Cram app for free >

  • Shuffle
    Toggle On
    Toggle Off
  • Alphabetize
    Toggle On
    Toggle Off
  • Front First
    Toggle On
    Toggle Off
  • Both Sides
    Toggle On
    Toggle Off
  • Read
    Toggle On
    Toggle Off
Reading...
Front

How to study your flashcards.

Right/Left arrow keys: Navigate between flashcards.right arrow keyleft arrow key

Up/Down arrow keys: Flip the card between the front and back.down keyup key

H key: Show hint (3rd side).h key

A key: Read text to speech.a key

image

Play button

image

Play button

image

Progress

1/39

Click to flip

39 Cards in this Set

  • Front
  • Back
A curva normal de procura de um bem é paralela ao eixo vertical
FALSO

A curva tem inclinação negativa.
A curva normal de procura de um bem apresenta uma relação direta entre preços e quantidades procuradas.
FALSO

A relação é inversa.
A curva normal de procura de um bem apresenta uma relação inversa entre preços e quantidades ofertadas.
FALSO

Isso implicaria que a quantidade ofertada seria tanto maior quanto menor o preço, o que é falso. É justamente o contrário.
A curva normal de procura de um bem apresenta uma relação inversa entre preços e quantidades procuradas.
VERDADEIRO

A quantidade demandada é tanto maior quanto menor o seu preço.
A curva normal de procura de um bem desce da direita pra esquerda.
FALSO

Ela desce da esquerda pra direita.
FALSO

O gráfico mostra uma diminuição na procura, devida ao aumento no preço.
Dada a curva de procura abaixo, o deslocamento do ponto A para o ponto B pode significar um aumento na quantidade procurada do próprio bem.
FALSO

Uma diminuição no preço de um bem complementar causaria um aumento na quantidade procurada do bem principal (e não uma redução, como foi observado).
Dada a curva de procura abaixo, o deslocamento do ponto A para o ponto B pode significar uma diminuição no preço de um bem complementar.
VERDADEIRO
Dada a curva de procura abaixo, o deslocamento do ponto A para o ponto B pode significar um aumento no preço do próprio bem.
FALSO

O aumento no preço do bem substituto causaria um aumento na procura pelo bem em questão, e não uma diminuição, como foi observado.
Dada a curva de procura abaixo, o deslocamento do ponto A para o ponto B pode significar um aumento no preço de um bem substituto.
FALSO

A curva de demanda não se altera com meras expectativas.
O deslocamento da curva de procura de um bem, de D1 para D2 no gráfico abaixo, pode representar o efeito de uma expectativa de aumento de seu preço.
VERDADEIRO
O deslocamento da curva de procura de um bem, de D1 para D2 no gráfico abaixo, pode representar o efeito de um aumento no preço de um bem complementar.
FALSO

Esse aumento causaria um deslocamento da curva de demanda para a direita, e não para a esquerda.
O deslocamento da curva de procura de um bem, de D1 para D2 no gráfico abaixo, pode representar o efeito de um aumento na preferência pelo bem.
FALSO

O aumento no preço de um bem concorrente causaria um deslocamento da curva D1 para a direita, e não para a esquerda.
O deslocamento da curva de procura de um bem, de D1 para D2 no gráfico abaixo, pode representar o efeito de um aumento no preço de um bem concorrente.
FALSO

Uma diminuição em seu próprio preço causaria um deslocamento da curva D1 para a direita, e não para a esquerda.
O deslocamento da curva de procura de um bem, de D1 para D2 no gráfico abaixo, pode representar o efeito de uma diminuição em seu próprio preço.
Dada a função q = 200 - 4p, que representa a procura por um bem normal, sendo q a quantidade procurada e p o seu preço, considere-se um aumento na renda nominal dos consumidores, os demais fatores permanecendo constantes, de tal modo que aumente a procura por esse bem. Nesse caso, a função que melhor representaria a procura pelo bem seria dada por:

a) 250-4p
b) 200-2p
c) 250-2p
d) 200-6p
e) 200-4p
a) 250-4p
A curva normal de oferta de um bem é paralela ao eixo vertical.
FALSO

É uma curva ascendente.
A curva normal de oferta de um bem apresenta uma relação direta entre preços e quantidades procuradas.
FALSO

A curva de oferta relaciona preços a quantidades ofertadas.
A curva normal de oferta de um bem apresenta uma relação inversa entre preços e quantidades ofertadas.
FALSO

Essa relação é direta.
A curva normal de oferta de um bem apresenta uma relação direta entre preços e quantidades ofertadas.
VERDADEIRO
Numa situação em que o mercado atua em concorrência perfeita e sem interferência governamental, se o preço de mercado de um produto situar-se em nível maior do que o que seria de equilíbrio entre as quantidades procuradas e ofertadas desse produto, a concorrência entre os ofertantes faria aumentar o preço do produto.
FALSO

A concorrência diminuiria o preço.
Numa situação em que o mercado atua em concorrência perfeita e sem interferência governamental, se o preço de mercado de um produto situar-se em nível maior do que o que seria de equilíbrio entre as quantidades procuradas e ofertadas desse produto, a concorrência entre os compradores faria diminuir o preço do produto.
FALSO

A concorrência entre os compradores aumenta o preço.
Numa situação em que o mercado atua em concorrência perfeita e sem interferência governamental, se o preço de mercado de um produto situar-se em nível maior do que o que seria de equilíbrio entre as quantidades procuradas e ofertadas desse produto, a concorrência entre os ofertantes faria diminuir o preço do produto.
VERDADEIRO
Numa situação em que o mercado atua em concorrência perfeita e sem interferência governamental, se o preço de mercado de um produto situar-se em nível maior do que o que seria de equilíbrio entre as quantidades procuradas e ofertadas desse produto, a concorrência entre os compradores faria aumentar o preço do produto.
FALSO

Como o preço do produto está acima do preço de equilíbrio, a sua tendência é abaixar, e não aumentar.
Numa situação em que o mercado atua em concorrência perfeita e sem interferência governamental, se o preço de mercado de um produto situar-se em nível maior do que o que seria de equilíbrio entre as quantidades procuradas e ofertadas desse produto, o preço somente tenderia a diminuir se a concorrência entre os vendedores fosse mais forte do que a concorrência entre os compradores.
FALSO

Como a concorrência é perfeita, o preço tende a voltar ao valor de equilíbrio.
Se a autoridade governamental fixar o preço de um produto em um nível abaixo do que seria o ponto de equilíbrio entre a sua procura e oferta, as quantidades ofertadas ficarão inicialmente maiores do que as quantidades demandadas, mas as forças do mercado atuarão para levar o preço de volta ao nível de equilíbrio.
FALSO

As quantidades demandadas ficam maiores do que as ofertadas, e como o governo controla os preços, as forças do mercado não poderão levar o preço de volta ao equilíbrio.
Se a autoridade governamental fixar o preço de um produto em um nível abaixo do que seria o ponto de equilíbrio entre a sua procura e oferta, as quantidades ofertadas e demandadas serão iguais em um nível de preços menor do que o de equilíbrio.
FALSO

As quantidades ofertadas ficarão menores do que as demandadas.
Se a autoridade governamental fixar o preço de um produto em um nível abaixo do que seria o ponto de equilíbrio entre a sua procura e oferta, as quantidades demandadas ficarão inicialmente maiores do que as quantidades ofertadas, mas as forças de mercado farão o preço voltar ao nível de equilíbrio.
FALSO

Como há controle governamental, as forças do mercado não conseguirão levar o preço ao seu nível de equilíbrio.
Se a autoridade governamental fixar o preço de um produto em um nível abaixo do que seria o ponto de equilíbrio entre a sua procura e oferta, as quantidades ofertadas ficarão maiores do que as quantidades demandadas, resultando em uma situação de excedente de oferta.
FALSO

As quantidades ofertadas ficarão menores do que as demandadas, resultando não em excedente, mas escassez de oferta.
Se a autoridade governamental fixar o preço de um produto em um nível abaixo do que seria o ponto de equilíbrio entre a sua procura e oferta, as quantidades demandadas ficarão maiores do que as quantidades ofertadas, resultando em uma situação de escassez de oferta.
VERDADEIRO
Num modelo de oferta e demanda normais, quando aumenta a renda dos consumidores o preço cai.
FALSO

O preço aumenta.
Num modelo de oferta e demanda normais, quando aumenta a renda dos consumidores o preço sobe.
VERDADEIRO
Num modelo de oferta e demanda normais, quando aumenta a renda dos consumidores a quantidade cai.
FALSO

A curva de demanda se desloca para a direita.
Num modelo de oferta e demanda normais, quando aumenta a renda dos consumidores o preço e a quantidade caem.
FALSO

O preço sobe.
Considere as equações Ps = 100 + 5Qs e Pd = 280 - 4Qd, sendo Ps e Pd, respectivamente, os preços de oferta e de procura, e Qs e Qd as quantidades ofertada e procurada de um determinado produto. Existe um preço, acima do equilíbrio, que, se vigorasse no mercado, provocaria um excedente de produção de 18 unidades do produto. Qual é esse preço?
Passo 1: Encontrar a quantidade que criará um excedente de oferta de 18 unidades

100 + 5Qs = 280 - 4(Qs-18)
Qs = 28

Passo 2: Encontrar o preço correspondente
Ps = 100 + 5*28
Ps = 100 + 140
Ps = 240 (resposta final)
A curva de oferta de curto prazo de um determinado bem poderá mostrar variação da quantidade ofertada em direção oposta à da variação no preço do bem, com tudo mais constante.
FALSO

Essa variação ocorre na mesma direção.
A curva de oferta de curto prazo de um determinado bem não poderá mostrar variação da quantidade ofertada em direção oposta à da variação no preço do bem, com tudo mais constante.
VERDADEIRO

Já que essa variação ocorre na mesma direção.
A curva de oferta de curto prazo de um determinado bem somente mostrará variação da quantidade ofertada em direção oposta à da variação no preço de X, tudo mais constante, se X for um bem inferior.
FALSO

Mesmo nesse caso, a relação entre preço e quantidade ofertada é direta.

Obs.: bens inferiores são bens cuja procura diminui sempre que o rendimento aumenta.
A curva de oferta de curto prazo de um determinado bem deslocar-se-á para a esquerda se diminuir o preço de um bem complementar, tudo mais constante.
FALSO

Nesse caso, a demanda será afetada, e não a oferta.
A curva de oferta de curto prazo de um determinado bem deslocar-se-á para a direita se aumentar a renda dos consumidores.
FALSO

Nesse caso, a demanda será afetada, e não a oferta.